A Diretoria de Informática da UERJ (DINFO), é vinculada diretamente a Reitoria e é a unidade responsável pela gestão da tecnologia da informação da Universidade. Seus principais objetivos são prospectar, desenvolver e implantar tecnologias de informação e comunicação, visando oferecer os melhores recursos para apoio à gestão do ensino, da pesquisa e da extensão. Para isso possui dois departamentos: o Departamento de Sistemas de Informação (DSI) cuja finalidade é desenvolver sistemas corporativos com foco na qualidade e na tecnologia e o Departamento de Infraestrutura e Tecnologia (DIT) que tem vários objetivos, tais como, garantir a disponibilidade permanente dos serviços de comunicação da rede interna e externa da UERJ; fornece suporte a utilização de hardware e software; e garantir a integridade dos dados corporativos e acesso aos mesmos pelos sistemas.

No que se refere ao acesso aos periódicos online, os docentes e discentes do PPGENF têm disponível a internet em rede nos computadores fixos e internet sem fio (wifi) em toda a área de dois andares ocupados pelo PPGENF. Esta tecnologia pode ser acessada com notebook, tablet ou smartphone dentro dos limites da FENF/UERJ. Além disso, contam com o acesso à internet VPN no domicílio, via conta de e-mail na UERJ (xxx@uerj.br). O Programa também conta com um parque computacional que inclui microcomputadores, impressoras, scanners, equipamentos conectados à rede científica/acadêmica e a administrativa da rede UERJ.

Os laboratórios de pesquisa têm assegurado um mínimo de quatro computadores com acesso à internet, podendo ser em maior número em função dos recursos de pesquisa obtidos e da necessidade do grupo, inclusive com acesso as bases de dados e a Biblioteca Virtual da Capes, através do IP da Universidade. Todas as salas de aula estão equipadas com projetor multimídia, microcomputador conectado à rede, acesso wi-fi. Além desse equipamento, o PPGENF dispõe de cinco equipamentos multimídia e cinco notebooks para uso em diferentes ambientes.

O Programa dispõe de um Laboratório de Informática e de Pesquisas Quali-quantitativas de uso exclusivo dos professores e pós-graduandos do PPGENF. O laboratório conta com 15 estações de trabalho (com Windows XP, pacote Office 2010, pacotes estatísticos), uma impressora laser e um complexo didático-pedagógico que inclui computador PC, laptop, data-show, retroprojetor, quadro branco. Nas estações de trabalho os usuários podem acessar pacotes estatísticos para elaboração de banco de dados e análises, a exemplo do SPSS (Statístical Package for the Social Science), NVivo, EpiInfo, GPOWER, Programa R, entre outros; acesso a programas para construção de websites, tais como o Adobe CS5 e o software EndNote, ferramenta para gerenciamento das referências bibliográficas. Disponibiliza também softwares destinados ao tratamento e à análise de dados qualitativos, como ALCESTE, EVOC, SIMI e NVIVO. Todas as estações contam com acesso à internet e acesso às bases de dados nacionais e internacionais, além das bibliotecas e dos periódicos científicos on-line que estabeleceram convênio com a Universidade, aqueles disponíveis em meio aberto e a Biblioteca Virtual da Capes.

O programa possui recurso de videoconferência através do laboratório TeleSaúde, que é equipado para esse fim, no qual são realizadas bancas de dissertações e teses, disciplinas e cursos on line, referência para telediagnóstico, teleconsultoria, divulgação e capacitação de profissionais da Rede básica de saúde em âmbito nacional e estadual, além de outras modalidades de ensino a distância.